Cama de frango, usina de biogás e biofertilizante. Solução para o gasto com energia elétrica.

Ao longo dos anos o Brasil teve um grande avanço no campo da genética, manejo, nutrição e equipamentos para frangos de corte. Com o consequente aumento da produção, superou a China e se tornou o segundo maior exportador de frangos do mundo, porém, a utilização correta de materiais para cama de aviário e o desconhecimento de suas propriedades ainda são um dos maiores desafios dos produtores.

Diante da crise econômica e hídrica que nosso cenário econômico enfrenta, a utilização da cama de frango para geração de biogás e biofertilizante se tornou uma solução indispensável.

É Conhecida como cama de frango todo o material distribuído em um galpão para servir de leito aos animais. Esta cama de frango, proporciona conforto e evita oscilações de temperatura, além de absorver as fezes, urina, restos de ração e penas das aves, facilitando o manejo e aumentando a vida útil da cama. Entre os materiais utilizados para a cama de frango, destaca-se maravalha (raspas de madeira), palha de arroz e o capim elefante (napier).

cama de frango

Estudos da Embrapa mostram que para a implantação de um aviário em sistema manual e automático, o custo se divide em: 25%  manual e 47,7% automático. O auto consumo de energia elétrica compromete a rentabilidade  dos produtores, e a utilização da cama de frango para gerar biogás como outra fonte de energia, é uma solução sustentável e economicamente rentável, pois com a utilização de um gerador movido a biogás, é possível diminuir os gastos com energia elétrica do galpão, e ainda vender o biofertilizante para irrigação de pastos.

Como funciona:

A cama de frango retirada do galpão, deve ser colocada um tanque misturador com água ou com efluente local antes de entrar no biodigestor.

Após homogeneizada, esta biomassa estará pronta para alimentar o biodigestor.

Após este processo, a cama de frango ficará em torno de 40 dias, servindo de alimento para as bactérias metanogenicas, gerando dois produtos: biogás e biofertilizante.

A partir daí, este gás é canalizado para alimentar o gerador e o biofertilizante, utilizado para irrigação.

Veja um vídeo dos equipamentos

A Recolast trabalha com biodigestores e geradores para transformar seu aviário em uma usina de biogás!

Solicite uma consultoria gratuita clicando aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...