Suinocultura – Oportunidades no mercado de exportação

Em 2016, a suinocultura se destacou de varias formas, e a que mais rendeu lucros, foi a exportação da carne.  A exportação brasileira cresceu cerca de 54,7% no primeiro semestre de 2016. Por ser a proteína animal mais consumida no mundo, o Brasil e o restante do mundo estão cada vez mais expandindo no mercado de exportação, fornecendo principalmente para a China, Rússia, Venezuela e Hong Kong.

Os primeiros meses de 2016 foram ótimos para a suinocultura no Brasil, a produção interna de carne suína na China foi impactada por diversos problemas, reduzindo a produção drasticamente, por conta de legislações ambientais, e assim aumentou a procura pela importação para o país. Contudo, o Brasil em maio de 2016, exportou para a China uma quantidade suficiente para gerar um crescimento maior do que os anos anteriores. Desde dezembro de 2016, a China contou com seis novos frigoríficos de carne suína para receber a exportação do Brasil, e hoje já contamos com mais de dez frigoríficos aptos à exportação diretamente para a China.

O consumo de carne suína é de 14,5% no Brasil, e a soma desse consumo no mundo todo, é de 42,9%, portanto, torna a exportação uma oportunidade para o crescimento da suinocultura no mundo. No Brasil, a suinocultura está destinada a crescer cerca de 21% nos próximos 10 anos, atingindo cerca de 4,3 milhões de toneladas de carne.  Os estados de maior produção são: Santa Catarina, Paraná, Rio grande do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso, São Paulo e Goiás.

Com bastante otimismo em relação à suinocultura brasileira, o crescimento rápido da mesma, influenciou que os produtores fizessem mais propagação de seus produtos, aumentando o conhecimento de todos, contribuindo para que cada vez mais a carne suína seja consumida, dando oportunidade no investimento econômico nos próximos anos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1058 Views

2 comments

  1. […] 2015, o IBGE afirmou que frangos juntamente aos suínos tiveram maior número de abate para consumo. Em 2016 não foi muito […]

  2. Clovis Ferreira disse:

    Ok. Boas informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>